Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Festival Safra - Coelho Radioativo + Vítor Hugo

Festival Safra - Coelho Radioativo + Vítor Hugo

Música & Festivais | Música

Fábric Ideias Gaf. Nazaré

Auditório
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
2021
out
22
Realizado

Promotor

Câmara Municipal de Ílhavo

Sinopse

O SAFRA e um ciclo de programacao artistica para a promocao da musica moderna produzida a partir da Comunidade Intermunicipal da Ria de Aveiro (CIRA). Na presente edicao, o SAFRA promove onze datas, nos onze concelhos que compoem a CIRA. Com uma programacao para toda a familia, propoe-se a apresentar diferentes generos de musica nas diferentes geografias da CIRA, promovendo, apoiando e divulgando os artistas da regiao, numa logica de intercambio cultural e com o objetivo de criar uma rede de itinerancia que vise a criacao de lacos entre os diferentes projetos musicais e entre estes e os publicos.

Coelho Radioactivo:
Devido ao nome do projeto, Coelho Radioativo, talvez fosse expetavel que a musica se relacionasse com o punk rock, quebrando guitarras no cimento das caves do underground. O oposto, no entanto, esta muito mais proximo da verdade: de Coelho parte uma musica plana onde a explosao e a catarse do desabar emocional, onde o pontapear empurra poeira e pedras por um caminho mal iluminado, onde as guitarras quebram o silencio que molda as cancoes. E onde se pode desabar também.

Vítor Hugo:
Vitor Hugo pertence à nova geração de artistas portugueses multifacetados, que acumula as funções de cantor, guitarrista e compositor. Fundou os The Underdogs, banda com quem editou "Silence" (2011), "Songs for the few" (2012) e "Blame it all on jazz" (2014). Paralelamente, iniciou o seu percurso com os Moonshiners, com quem gravou três discos: o de estreia, homónimo (2013); "Good news for girls who have no sex-appeal" (2015); "Prohibition Edition" (2018); e com o alter-ego Silent Preacher, num registo intimista e a solo, lançou o álbum "The other side of nothing"(2013). "Positivamente" (2019) , do qual se destacam os singles "Auto-retrato" e "Obituário" é o seu álbum de estreia, em nome próprio e em português.

-
Partilhar

Serviços Adicionais